LEI DA ATRAÇÃO EM BUSCA DA EVOLUÇÃO
SEJA BEM VINDO AO FORUM LEI DA ATRAÇÃO EM BUSCA DA EVOLUÇÃO

CADASTRE-SE E VEJA NOSSO CONTEUDO GRATUITAMENTE!

TEMOS CHAT EM TEMPO REAL QUE NOS POSSIBILITA INTERAGIR DE UMA FORMA MAIS EFICIENTE

POSSUIMOS DIVERSOS CONTEUDOS EM AUDIO E VIDEO PARA SEU ESTUDO

AQUI VOCE PODE POSTAR IMAGENS E ASSISTIR SEUS VIDEOS PREFERIDOS SEM PRECISAR ACESSAR LINKS QUE PODEM CONTER CONTEUDOS INADEQUADOS PARA SEU COMPUTADOR

RECOMENDADO PARA TODAS AS IDADES

(AQUI ESTUDAMOS A LEI DA ATRAÇÃO,A FORÇA VIBRACIONAL DOS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS EM NOSSA VIDA.COM ESSA FORÇA PODEMOS REALIZAR NOSSOS MAIORES SONHOS E CONSTRUIR UM MUNDO AINDA MELHOR)

{CADASTRE-SE GRATUITAMENTE AGORA E VENHA FAZER PARTE DESTA FAMILIA!}
Conectar-se

Esqueci minha senha

VISITAS E FLAGS
free counters
MURAL DE RECADOS
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Top dos mais postadores
Felicidade (1236)
 
Admin (720)
 
LUCIANNA BICA (653)
 
Heroin@ (276)
 
Celiacsr (254)
 
Jan (254)
 
Laura Osho (196)
 
Josiane-Santos (191)
 
Liinda Gunner (82)
 
PrincipeDimensional (79)
 

Agosto 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Como inflenciar alguém á distância.
Qui Abr 13, 2017 6:03 pm por Felicidade

» Alguém tem o livro A CHAVE de Joe Vitale?
Qui Abr 13, 2017 6:01 pm por Felicidade

» Minha história de vida!
Sab Dez 03, 2016 5:23 pm por Felicidade

» Começando hoje!
Sab Dez 03, 2016 5:21 pm por Felicidade

» Caminho sem fim
Sab Set 17, 2016 6:59 am por Admin

» Ajuda sobre visualização
Qui Ago 25, 2016 2:26 pm por Convidado

» Consegui depois de 3 meses!!
Seg Ago 15, 2016 9:21 am por Convidado

» A LEI DA ATRAÇÃO PARA O DINHEIRO
Sab Ago 06, 2016 5:31 am por Lunacristalina

» Como posso saber o que estou atraindo?
Qui Jul 21, 2016 4:07 pm por isabel

Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 104 em Qui Ago 03, 2017 1:19 am
PARCEIROS
http://www.navegantesolidario.blogspot.com/ www.diretorio-web.com
Estatísticas
Temos 6578 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de gustavovilela0073552@gmai

Os nossos membros postaram um total de 5500 mensagens em 942 assuntos
Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Palavras chave

chave  mestra  

translated here

Livro : A CHAVE

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:02 pm

mesmo que ele seja doloroso.
4. Eu acredito nisso?
7 6 Joe Vi tal e
5. Por quê?
6. O que poderia acontecer se eu não acreditasse nisso? Quais são
as minhas preocupações? Elas ainda parecem reais para mim? Às
vezes nos apegamos a uma convicção arraigada mesmo
quando ela se revela limitante ou causa infelicidade.
Vou dar um exemplo de um Diálogo de Opção que travei
comigo mesma. Foram necessárias apenas três perguntas para
mudar os meus sentimentos e a minha vida. Eu já sabia que me
sentia muito mal com relação às pessoas que passam fome no
mundo, portanto comecei com a segunda pergunta.
Por que eu me sinto muito mal com isso?
Resposta: Ninguém parece se importar. A fome é tão desnecessária.
O que aconteceria comigo se não me sentisse mal com isso?
Resposta: Eu não faria nada para mudar essa situação.
Eu acredito nisso?
Resposta: Não! Assim que fiz a pergunta, eu percebi que
quanto pior eu me sentia, menos eu fazia. Na verdade, quando
eu me sentia realmente mal, não tinha vontade de pensar no
assunto, e muito menos de fazer alguma coisa.
Eu me senti imediatamente melhor. Hoje sou muito mais
ativa, faço muito mais doações e procuro maneiras de tornar o
mundo melhor.
Se alguém me pedisse para refletir sobre tudo que aprendi
na vida e oferecer um único conselho, eis o que eu diria: sempre
questione a infelicidade. Nunca aceite o sentimento negativo
como uma coisa natural.
A felicidade é o grande prêmio da vida, e você pode conquistá-
la!
Seja feliz!
Mandy Evans
www.mandyevans.com
A CHAVE 77
2. Por que eu estou infeliz com isso? Os nossos motivos para nos
sentirmos mal são diferentes do sentimento em si. As nossas
razões são convicções.
3. O que poderia acontecer comigo se não estivesse me sentindo
infeliz com isso? Essa pergunta, que pode parecer estranha,
ajuda você a descobrir os medos e preocupações relacionados
ao desaparecimento desse sentimento. Freqüentemente
relutamos em nos libertar de um sentimento,
mesmo que ele seja doloroso.
Eu convido você a usar o método de Mandy para se libertar
de um sentimento que talvez esteja sentindo neste momento.
Pense no que você quer ser, ter ou fazer. Se você ainda não conseguiu
atrair todas essas coisas, como se sente a respeito disso?
Pegue essa emoção e a trabalhe:
1. O que está me deixando triste? Ou enfurecido, culpado,
preocupado etc. Esta pergunta ajuda você a ser específico
com relação ao seu sentimento.
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:04 pm

7 8 Joe Vi tal e
4. Eu acredito nisso?
5. Por quê?
6. O que poderia acontecer se eu não acreditasse nisso? Quais são
as minhas preocupações? Elas ainda parecem reais para mim?Ãs
vezes nos apegamos a uma convicção arraigada mesmo
quando ela se revela limitante ou causa infelicidade.
Agora você deve estar sentindo que foi libertado do sentimento
negativo. Se não estiver completamente livre, ou se uma
nova emoção vier à tona, simplesmente repita o processo. O
Método da Opção é uma maneira extremamente fácil e eficaz
de deixar a energia bloqueada fluir e se libertar das convicções
limitantes. Quando você está livre, você usa A Chave para atrair
tudo o que quiser.
Terceiro método de libertação
Esclarecendo os pensamentos
Se todos acreditassem na suposição de que o que é aceito
como verdadeiro é realmente verdadeiro, não haveria quase
nenhuma esperança de progresso.
- ORVILLE WRIGHT
Você precisa se livrar dos pensamentos ou convicções ocultas
que estão atraindo o que você não quer, essa é A Chave. Em
outras palavras, você pode até dizer que deseja atrair a pessoa
certa, mas sempre acaba atraindo parceiros errados. Você pode
dizer que quer atrair a casa perfeita, mas está sempre se mudando
para lugares horríveis. Você pode afirmar que deseja atrair o
emprego perfeito, mas só consegue trabalhar com pessoas que
não reconhecem o seu valor.
Na verdade, você está atraindo exatamente o que espera e o
que julga merecer. A idéia é modificar essa programação mental
para atrair uma quantidade maior do que você quer.
Descobri que utilizando as ferramentas adequadas, você
pode desenterrar as convicções ocultas que operam na sua vida.
Essas convicções são inconscientes, mas você pode trazê-las à
tona com o método certo. Uma ferramenta poderosa e comprovadamente
capaz de ajudá-lo a esclarecer os seus próprios pensamentos
vem da psicologia cognitiva.
Pedi para a dra. Larina Kase me ajudar a explicar como ela
funciona. Larina e eu somos co-autores do livro eletrônico How
to End Self-Sabotage for Aspiring E-Book Authors (www.endselfsabotage.
com). Aqui está um texto exclusivo de Larina, escrito
especialmente para esse livro.
80 Joe Vitale
Dra. Larina Kase
A terapia cognitiva, desenvolvida pelo dr. Aaron Beck, está amparada
por quatro décadas de pesquisas e é uma maneira poderosa
de você se livrar de todas as suas convicções limitantes. Os componentes
da terapia cognitiva são os pensamentos, sentimentos,
comportamentos e reações biológicas. Eles interagem para determinar
o seu ânimo e as suas ações. Vou ensinar cinco passos
simples para que você use a terapia cognitiva para se libertar.
Em primeiro lugar, identifique os seus pensamentos invasivos,
perturbadores ou destrutivos. Registre-os por escrito. Este
processo é semelhante a caçar borboletas com uma rede. Os pensamentos
são rápidos e efêmeros, e normalmente não temos
consciência deles. Ao identificar os seus pensamentos, você
expande sua consciência e passa a ser capaz de trabalhar para
modificá-los. Se você acha difícil identificar os seus pensamentos,
preste bastante atenção às mudanças no seu ânimo. Assim
que perceber uma mudança, pergunte a si mesmo: "O que estava
passando pela minha cabeça?"Você identificará um pensamento
poderoso e poderá trabalhar a partir disso.
Em segundo lugar, analise os seus pensamentos como um
júri imparcial avaliaria as provas em um processo. Em vez de partir
do princípio de que os seus pensamentos são verdadeiros,
reúna elementos para avaliar a validade deles. Pegue uma folha
de papel e divida-a em três colunas. Na primeira, escreva "Pensamento
emocional". Na segunda coluna, escreva "Indícios de
que este pensamento é verdadeiro", e na terceira, escreva "Indícios
de que este pensamento não é verdadeiro". Preencha as
colunas com dados que confirmem ou desmintam a validade de
seu pensamento emocional. É como examinar a borboleta que
você pegou com curiosidade e sem fazer julgamentos.
A CHAVE 81
Terceiro, realize algumas experiências comportamentais
para testar mais a fundo a validade do pensamento. Se, por exemplo,
o seu pensamento foi:"Sempre digo alguma bobagem quando
falo em público", avalie a verdade disso falando em público
várias vezes.Você realmente disse sempre alguma bobagem? Este
passo também o ajuda a adquirir prática com as coisas que você
teme, e elas se tornam cada vez mais fáceis conforme a sua confiança
aumenta e o resultado que você temia não acontece.
Quarto, julgue o quanto o seu pensamento é verdadeiro
baseado nos indícios que reuniu e nos resultados das suas experiências
comportamentais. Examine quantas vezes aquilo que
você receava aconteceu. Você perceberá que a sua idéia perturbadora
provavelmente não se tornou realidade. Caso ela tenha se
realizado, pergunte a si mesmo como lidará com esse fato de
agora em diante. Você constatará que é uma pessoa engenhosa e
que pode lidar com qualquer situação, por mais difícil que seja.
Em quinto e último lugar, compreenda que os seus pensamentos
perturbadores ou limitantes não são necessários. Eles não
estão ajudando você. Mas esses pensamentos também são incapazes
de feri-lo, portanto não resista a eles. Lembre-se de que
quanto mais relutante você se mostrar com relação a alguma
coisa, maior a probabilidade de que ela aconteça. Se você tentar
reprimir um pensamento, ele insistirá em voltar como uma
daquelas músicas que ficam repetindo na sua cabeça. Não se
agarre aos pensamentos perturbadores, mas tampouco os afaste.
Se eles voltarem no futuro, simplesmente deixe-os irem embora
por si mesmos. Solte as borboletas. Você agora está livre.
No espaço que se segue, ou no seu diário, use o método de
Larina. Ele poderá ajudá-lo a resolver seus problemas particulares
: Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:05 pm

Quarto método de libertação
Histórias hipnóticas
Existe algo que você sabe, mas que não sabe que sabe.
Assim que você descobre aquilo que você já sabe,
mas não sabe, você sabe que pode começar.
- MILTON H. ERICKSON -


Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:07 pm

Uma das ferramentas de libertação mais poderosas que existem é
tão simples quanto o que você está fazendo neste momento: ler.
Ler livros que expandam a sua mente pode ajudá-lo a se
livrar das convicções limitantes. Livros como O segredo, de
Rhonda Byrne, o clássico The Magic of Believing, de Claude
Bristol, O lado sombrio dos buscadores da luz, de Debbie Ford, A lei
universal da atração, de Jerry e Esther Hicks, Os princípios do sucesso,
de Jack Canfield, ou mesmo os meus livros Zero Limits e The
Attractor Factor podem ajudá-lo a entender que você pode viver
uma realidade diferente.
Os livros ajudam no seu processo de libertação em parte por
causa das informações que eles contêm. Eles o ensinam a acreditar
em milagres. Mas esses livros também atuam no seu inconsciente,
transmitindo uma mensagem de esperança e novas possibilidades.
No fundo, isso é o que eu chamo de método hipnótico de
escrita. Escrevi a respeito deste assunto em outros livros, como
Hypnotic Writing e Buying Trances. Como sou hipnoterapeuta, sei
da capacidade que uma boa história tem de entrar na sua mente
e modificar as suas convicções. Isso acontece naturalmente e sem
esforço. Tudo que você tem que fazer é relaxar e ler
. Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:10 pm

84 Joe Vitale
O supersegredo da libertação
Mark J . R y a n
Segredo: comece a partir das suas atuais convicções.
Tive muitos carros na vida, a maioria usados. Reparei,
depois de comprar vários carros diferentes, que eles inevitavelmente
davam problemas. Eu consertava os problemas, usava o
carro durante o máximo de tempo possível, vendia-o pelo valor
que conseguia e em seguida comprava outro.
Eu sabia quando um grande reparo seria necessário, e me
preparava para vender o carro, pois muitos anos antes eu havia
sido mecânico. Em uma determinada ocasião, tive um carro que
tinha muitos quilômetros rodados e estava a ponto de vendê-lo.
O carro começou a apresentar uma quantidade exagerada de
defeitos, quase como se soubesse que eu pretendia vendê-lo. Eu
não queria realmente resolver os problemas, e comecei a pensar
na possibilidade de vender o carro por um valor ainda menor do
que eu havia planejado. No entanto, certo dia ouvi uma vozinha
suave me dizer que eu precisava consertar os defeitos em vez de
passar adiante os meus problemas para o próximo comprador.
Será que eu devia investir em mudar a dinâmica do fluxo no
Universo? Quanto valeria isso?
Eu sabia que naquele momento perderia dinheiro com o
negócio. Seria uma perda financeira para mim, mas, por outro
lado, seria um investimento nos meus semelhantes e no Universo.
A CHAVE 85
Decidi aceitar o desafio... e investir.
Acabei gastando cerca de mil dólares em reparos e pneus
novos para um carro que eu estava vendendo pelos mesmos mil
dólares. Quando o comprador quis fechar o negócio, surgiu um
vazamento no tanque de gasolina, um vazamento bem grande
por sinal.
Mostrei o vazamento para ele e disse que o consertaria, mas
ele queria o carro naquele momento, por isso baixei o preço para
750 dólares. O comprador ficou muito feliz com o negócio,
especialmente depois de ver os recibos dos recentes reparos que
eu tinha feito.
Fique com esta história na cabeça enquanto conto outra.
Descobri uma maneira incrível de me libertar prestando atenção
a essa vozinha suave dentro de mim, como fiz no caso da venda
do carro.
Tinha 14 anos que eu estava morando em uma casa que
pertencia à minha família há mais de cem anos.
E eu queria sair de lá.
Eu adorava a casa por causa das recordações maravilhosas
que ela me trazia dos tempos em que minha avó morava nela.
Mas além de problemas estruturais, a casa tinha muitos outros
problemas menores que precisavam ser resolvidos. Eu não tinha
vontade de lidar com nada disso.
Comecei a me concentrar em mudar para a Califórnia. Eu
queria fugir dos longos invernos do norte do estado de Nova
York, bem como dos problemas da casa. Fui muitas vezes à
Califórnia a negócios e de férias, mas por alguma razão eu acabava
não me mudando para lá.
Certo dia, quando eu estava deitado na cama, no segundo
andar, sentindo o peso enorme daqueles problemas, aquela vozinha
suave me perguntou o que eu faria na casa se tivesse que
permanecer nela por mais tempo. Não se tratava de tornar a casa
mais agradável para a próxima pessoa que fosse morar nela, mas
sim de melhorar o ambiente para a pessoa que morava lá naquele
momento, ou seja, eu!
Fiquei com essa idéia na cabeça durante algum tempo. Eu
evitava pensar no assunto, com medo de ficar tão entusiasmado
Um dos hipnoterapeutas mais qualificados do mundo é
Mark Ryan. Criamos juntos uma série de DVDs repletos de histórias
que modificam a sua realidade a partir do interior enquanto
você assiste a elas (para ler mais a respeito dos DVDs
entre em www.subliminalmanifestation.com). Pedi a Mark que
escrevesse uma história hipnótica especialmente para esse livro.
Repito, você só precisa lê-la. Não precisa pensar. Não precisa
fazer anotações. Não precisa fazer nada; basta ler
. Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:14 pm

O super segredo da libertação
Mark J . R y a n
Segredo: comece a partir das suas atuais convicções.
Tive muitos carros na vida, a maioria usados. Reparei,
depois de comprar vários carros diferentes, que eles inevitavelmente
davam problemas. Eu consertava os problemas, usava o
carro durante o máximo de tempo possível, vendia-o pelo valor
que conseguia e em seguida comprava outro.
Eu sabia quando um grande reparo seria necessário, e me
preparava para vender o carro, pois muitos anos antes eu havia
sido mecânico. Em uma determinada ocasião, tive um carro que
tinha muitos quilômetros rodados e estava a ponto de vendê-lo.
O carro começou a apresentar uma quantidade exagerada de
defeitos, quase como se soubesse que eu pretendia vendê-lo. Eu
não queria realmente resolver os problemas, e comecei a pensar
na possibilidade de vender o carro por um valor ainda menor do
que eu havia planejado. No entanto, certo dia ouvi uma vozinha
suave me dizer que eu precisava consertar os defeitos em vez de
passar adiante os meus problemas para o próximo comprador.
Será que eu devia investir em mudar a dinâmica do fluxo no
Universo? Quanto valeria isso?
Eu sabia que naquele momento perderia dinheiro com o
negócio. Seria uma perda financeira para mim, mas, por outro
lado, seria um investimento nos meus semelhantes e no Universo.
A CHAVE 85
Decidi aceitar o desafio... e investir.
Acabei gastando cerca de mil dólares em reparos e pneus
novos para um carro que eu estava vendendo pelos mesmos mil
dólares. Quando o comprador quis fechar o negócio, surgiu um
vazamento no tanque de gasolina, um vazamento bem grande
por sinal.
Mostrei o vazamento para ele e disse que o consertaria, mas
ele queria o carro naquele momento, por isso baixei o preço para
750 dólares. O comprador ficou muito feliz com o negócio,
especialmente depois de ver os recibos dos recentes reparos que
eu tinha feito.
Fique com esta história na cabeça enquanto conto outra.
Descobri uma maneira incrível de me libertar prestando atenção
a essa vozinha suave dentro de mim, como fiz no caso da venda
do carro.
Tinha 14 anos que eu estava morando em uma casa que
pertencia à minha família há mais de cem anos.
E eu queria sair de lá.
Eu adorava a casa por causa das recordações maravilhosas
que ela me trazia dos tempos em que minha avó morava nela.
Mas além de problemas estruturais, a casa tinha muitos outros
problemas menores que precisavam ser resolvidos. Eu não tinha
vontade de lidar com nada disso.
Comecei a me concentrar em mudar para a Califórnia. Eu
queria fugir dos longos invernos do norte do estado de Nova
York, bem como dos problemas da casa. Fui muitas vezes à
Califórnia a negócios e de férias, mas por alguma razão eu acabava
não me mudando para lá.
Certo dia, quando eu estava deitado na cama, no segundo
andar, sentindo o peso enorme daqueles problemas, aquela vozinha
suave me perguntou o que eu faria na casa se tivesse que
permanecer nela por mais tempo. Não se tratava de tornar a casa
mais agradável para a próxima pessoa que fosse morar nela, mas
sim de melhorar o ambiente para a pessoa que morava lá naquele
momento, ou seja, eu!
Fiquei com essa idéia na cabeça durante algum tempo. Eu
evitava pensar no assunto, com medo de ficar tão entusiasmado
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:16 pm

8 6 Joe Vi tal e
com aquelas melhorias a ponto de atrair minha permanência em
um lugar onde eu não queria mais morar.
Parecia um paradoxo, mas eu entendi que se realmente
desejava a casa dos meus sonhos na Califórnia, eu precisava saber
como era estar no presente, gostar do que eu tinha naquele
momento e descobrir o que seria necessário fazer para que eu
fosse feliz ali. Eu precisava ser feliz naquele lugar e naquele
momento, do jeito que estava, morando onde morava.
Muitos de nós nos concentramos no que não queremos.
Pedimos que uma coisa seja eliminada; pedimos que algo nos
afaste dos nossos problemas atuais, porque estamos procurando
uma saída.
É claro que o Universo sabe que não é isso que queremos.
Ele sabe que estamos fugindo de alguma coisa e não criando
algo novo. Não estamos atraindo as coisas a partir de um estado
de completa liberdade.
A idéia da fuga só faz criar uma nova situação da qual também
iremos querer fugir.
Já a idéia de estar num lugar que amamos, em uma situação
com a qual estamos totalmente satisfeitos no presente, atrai mais
lugares que amamos. E isso, por sua vez, cria uma nova realidade
com uma quantidade ainda maior dessas qualidades.
Assim sendo, em uma folha de papel amarela, pautada, escrevi
uma lista de sete coisas que fariam com que eu me sentisse em
paz e efetivamente gostasse novamente da casa em que estava
morando. (Quem sabe a própria casa não estava tentando me
convencer a dar-lhe as coisas que ela queria antes de me deixar
partir?)
Senti algo dentro de mim se abrir quando comecei a escrever
a lista, uma coisa muito luminosa e brilhante, e pude efetivamente
apreciar a casa onde eu morava. O que antes estava fechado,
era duro e me fazia sentir vontade de fugir estava agora se
abrindo. A minha mente e o meu peito se abriram para um novo
sentimento e passei a amar aquela casa no momento presente.
Quanto mais eu me concentrava naquele sentimento, mais
eu sentia a abertura. Eu estava tendo idéias de como resolver
A CHAVE 87
problemas que não sabia antes como consertar, como o telhado
da parte de trás da casa.
Essas pequenas inspirações relacionadas aos problemas do
lugar onde eu estava, e não à grande meta da casa dos meus
sonhos na Califórnia, estavam me conduzindo ao meu objetivo
mais amplo.
Um ano depois, encontrei aquela longa folha pautada de
papel amarelo. Eu fiquei curioso para ver o que tinha escrito
nela. Constatei que cada uma das sete metas tinha se concretizado.
O mais incrível foi que parecia que elas haviam se realizado
sem esforço. Sempre que eu precisei de ajuda para resolver um
problema, a pessoa certa aparecia para ajudar-me.
A varanda da frente precisava ser lixada e pintada. Certo dia,
um entregador me perguntou:
- Ryan, quando você vai pintar a varanda?
Respondi:
- Quando encontrar alguém para fazer o serviço.
O rapaz se ofereceu para fazer isso por cinqüenta dólares se
eu comprasse a tinta. Aquilo já resolvia um problema! Ele também
pintou a garagem e o galpão por 250 dólares, o que foi uma
grande pechincha!
Outro dia, um amigo passou lá em casa e notou que as telhas
do meu telhado precisavam ser recolocadas, outro item da minha
lista. Ele apresentou um orçamento. Era mais do que eu tinha,
mas um parente me emprestou um dinheiro e pude começar a
cuidar disso também.
Enquanto estava retirando as telhas, o meu amigo descobriu
o verdadeiro problema na parte de trás da casa: os cupins haviam
destruído as vigas e a umidade estava invadindo a casa, criando
um mofo escuro. Tivemos que agir rápido, demolindo e reconstruindo
a parte de trás da casa.
Uma vez mais, eu não tinha o dinheiro. No entanto, graças
ao orçamento que ele fizera, que era a metade do que qualquer
outra pessoa teria cobrado, foi possível realizar o serviço.
Enquanto o meu amigo explicava como faria o conserto, ele
disse que pretendia tornar a área ainda melhor do que era antes
. Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:18 pm

8 8 Joe V i t a l e
Ouvi, perplexo, ele descrever, quase palavra por palavra, a imagem
que se formara na minha própria mente quase um ano antes.
Eu soube então exatamente o motivo pelo qual ele estava ali.
O meu amigo na verdade acabou me dizendo que sentia
como se tivesse sido enviado para me ajudar. Ele percebia que eu
estava acertando as contas com o passado e abrindo caminho
para o futuro. Ele sabia que ao me ajudar estava também beneficiando
a si mesmo.
A remoção do mofo oculto na parte de trás da casa produziu
outros efeitos benéficos. Depois de passar dois anos ficando
sempre doente, comecei a me sentir melhor. O Universo sabia o
que era preciso e proporcionou a cura quando comecei a agir.
Enquanto lia a lista que tinha escrito no papel amarelo, eu
entendi qual era o segredo. Eu vi que tinha mudado a minha
maneira de agir.
A casa está com um aspecto diferente e transmite uma outra
sensação. Os meus vizinhos sempre comentam a melhora.
Um grande amigo meu talvez se mude para Hollywood
para apresentar um programa na televisão. Ele perguntou se eu
estaria interessado em me mudar para lá se ele fosse para Los
Angeles. Você pode adivinhar qual foi a minha resposta.
A minha namorada quer se mudar para um lugar ensolarado.
Ela fez um acordo com o pai do seu filho para morar em uma
cidade onde ambos pudessem estar envolvidos na criação do
menino. Eles estavam tentando encontrar esse lugar há meses.
Todos os lugares da lista da minha namorada encontravam resistência
da parte dele. Ontem ele disse para ela que tinha vontade
de se mudar para a Califórnia. Quando ela perguntou onde na
Califórnia, ele respondeu que tinha o estranho desejo de morar
na região ao sul de San Francisco; é exatamente a área para onde
eu tenho vontade de me mudar. A minha namorada nunca falou
com ele sobre as nossas conversas e achou incrível o fato de ele
se sentir atraído pelo mesmo lugar que eu.
A Califórnia está chamando!
Então aqui está O Segredo: tudo que você precisa para se
libertar já está presente na sua realidade neste exato momento!
A CHAVE 89
O que é preciso para que você seja feliz aqui e agora, bem no
lugar onde você está sentado? Solte as rédeas da sua imaginação.
O que você pode fazer para tornar a sua realidade o melhor
possível? O que você pode fazer para melhorar as coisas que
você tem agora - seja um carro, uma casa, um emprego ou um
lugar na fila do banco - em benefício dos outros? E, o que é mais
importante, o que você pode fazer para tornar as coisas melhores
para si mesmo?
Um último pensamento: quando você deixar de pensar no
seu sonho dourado para se dedicar à arrumação da sua realidade,
lembre-se de que o Universo sabe o que você quer de verdade. Quando
abandonei o meu sonho de morar na Califórnia para me concentrar
em criar um ambiente melhor na casa que eu já tinha,
passei a ver com muito mais transparência o que eu queria na
Califórnia e como realmente queria me sentir quando estivesse lá.
Em vez de alimentar o meu sonho como uma fuga, passei a
amar a minha realidade atual. E ao amar, estou criando uma realidade
que produzirá ainda mais amor. O verdadeiro sonho não
existe sem o amor.
Em vez de empurrar um carro problemático para um comprador
inocente, que não desconfiava de nada, consertei os problemas
e criei um carro que me sentiria bem vendendo para outra
pessoa. Ao fazer melhorias naquele carro a partir do amor, criei
uma abertura para um carro que amarei atrair para a minha vida.
Cultive o amor na sua realidade atual. Procure ser muito
claro a respeito de como expressar esse amor da maneira certa.
Em seguida, o seu maior sonho se tornará realidade por si mesmo.
A história de Mark Ryan é poderosa. Enquanto você deixa
que ela repouse no seu inconsciente, vou contar uma breve história
pessoal:
Mark veio me visitar por alguns dias em abril de 2007.
Tivemos conversas divertidas sobre vários assuntos. Nós dois
apreciamos o que descobrimos quando compartilhamos as nos90
Joe Vitale
sas histórias, freqüentemente fumando um charuto ou bebendo
uísque.
Certo dia, Mark e eu fomos visitar alguns amigos. Nenhum
dos dois conhecia bem o caminho que estávamos seguindo.
Mark riu e perguntou:
-Você assistiu àquele episódio de Jornada nas estrelas, quando
perguntam a Jean-Luc Picard que rumo deveriam tomar quando
estavam perdidos em um planeta desconhecido?
- Não - respondi. - Mas adoro Jornada nas estrelas. O que
aconteceu depois?
- Jean-Luc diz que eles devem subir a montanha e virar à
esquerda.
- E aí?
- Bem, a mulher que está com ele é capaz de ler a sua
mente, e pergunta: 'Você não tem a menor idéia de onde estamos,
tem?'
Eu ri enquanto Mark prosseguia.
- Jean-Luc responde que ele é o capitão e precisa dar a
impressão de estar confiante, mesmo quando isso não é verdade.
Adorei a história. No restante do dia, passei a tomar decisões
rápidas e confiantes, mesmo quando eu não tinha a menor idéia
do que viria a seguir ou do que eu estava fazendo. Assumir esse
papel tornou-me muito mais poderoso e o meu dia muito mais
interessante.
Quando Mark recebeu um telefonema dos nossos amigos
perguntando a que horas chegaríamos, eu disse a Mark:
- Nós estaremos lá às 18:23.
Eu não tinha como saber a que horas chegaríamos. No
entanto, ao agir como se soubesse, senti um controle maior sobre
a realidade. Na verdade, a minha vida tornou-se uma grandiosa
aventura, e eu o capitão da minha nave.
E sim, nós nos encontramos com os nossos amigos bem mais
cedo do que o esperado. Achamos o caminho. O tráfego estava
livre. E chegamos antes da hora que eles nos esperavam, bem
próximo das 18:23.
Quinto método de libertação
Eu te amo
Somos a soma das nossas experiências, isso é, somos oprimidos
pelo passado. Quando nos sentimos estressados ou temerosos,
se examinarmos com atenção, perceberemos que a causa é
na verdade uma memória.
- MORRNAH SIMEONA
Há três anos ouvi falar em um terapeuta havaiano que ajudou a
curar vários criminosos que sofriam com problemas mentais - e
isso sem receber nenhum deles no seu consultório. Mais tarde
eu o conheci, estudei com ele e juntos escrevemos um livro chamado
Zero Limits. O método dele é uma ferramenta poderosa
para eliminar todas as convicções limitantes. E é tão fácil quanto
pronunciar três palavras.
O dr. Ihaleakala Hew Len me ensinou que o simples fato de
dizermos "Eu te amo" para o Divino (ou Deus, a Vida, o Tao, ou
qualquer nome que você queira atribuir a esse superpoder dentro
do qual todos estamos e do qual emanamos) pode iniciar um
processo de cura. Este método de prece ou súplica vem de uma
linha espiritual havaiana chamada ho'oponopono: Não vou relatar
aqui o método em detalhes, pois o livro Zero Limits foi escrito
justamente com esse objetivo. No entanto, vou explicá-lo brevemente
para que você também possa utilizá-lo.
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:19 pm

92 Joe Vitale
A suposição básica é que toda ação que você pratica provém da
inspiração ou da memória. A inspiração é um sinal direto do
Divino. A memória é uma programação que existe no seu subconsciente.
Todas as pessoas agem praticamente o tempo todo
em função da memória. A idéia é purificar essas memórias para
que você possa agir a partir das inspirações divinas.
Em outras palavras, é bastante provável que a maneira como
você reage às palavras deste livro seja uma conseqüência das suas
memórias. Se você não concorda comigo, é porque você tem na
mente uma antiga programação que não está em harmonia com
o que estou dizendo. Se você concorda comigo, talvez seja porque
você tem uma antiga programação que está em sintonia
com o que estou dizendo. Em ambos os casos, você não tem
muita objetividade e clareza, porque existe uma barreira no
caminho. Essa barreira é a memória. Para superar esse obstáculo,
você precisa dizer "Eu te amo".
De acordo com o dr. Hew Len, dizer simplesmente "Eu te
amo" para o Divino dá início a um processo de libertação ou
purificação. As palavras mexem com os seus sentimentos. Essas
mesmas palavras são ouvidas pelo Divino, que em seguida envia
um sinal para purificar as memórias que impedem que você
esteja aqui, neste momento, com total clareza e consciência.
Se você está ouvindo este conceito pela primeira vez, talvez
ele não faça muito sentido. Isso se deve ao fato de que você tem
uma memória que está em conflito com o que estou compartilhando
aqui com você. O seu modelo de mundo talvez não
combine com este novo modelo. Se você estiver sentindo essa
confusão agora, simplesmente diga novamente "Eu te amo" para
o Divino (repito, seja lá o que isso signifique para você).
Agora mesmo, eu estou dizendo "Eu te amo" enquanto
escrevo estas palavras.
A CHAVE 93
O método do dr. Hew Len envolve a purificação de todas as
memórias e de toda a negatividade a fim de provocar uma
mudança em si mesmo e também nos outros. Parece estranho,
mas quando você cuida dos seus problemas, as dificuldades das
outras pessoas também desaparecem.
A idéia é afastar os problemas usando como arma o amor.
Você faz isso dizendo "Eu te amo" sem parar. Você também pode
fazer outras declarações ("Desculpe", "Por favor, me perdoe" e
"Obrigado"), mas as três palavrinhas da frase "Eu te amo" são,
com certeza, tudo de que você precisa. Venho utilizando esse
método há três anos, e a minha vida é impressionante .Vivo em
um estado de felicidade quase constante.
Quando aprendi o método, comecei a usá-lo em todos os
momentos - nos engarrafamentos, no telefone, durante as palestras,
na jacuzzi, enquanto fumava um charuto, caminhava, esperava
nas filas, sentia dor, pensava no passado, e assim por diante.
Raramente pronunciava as três palavras em voz alta, preferia dizê-
las mentalmente, em silêncio. "Eu te amo" tornou-se a nova
voz da minha mente. Parei de me preocupar com as coisas e passei
a admirar a vida.
Como além de ser um especialista em metafísica também
sou um empresário, quis descobrir se esse estranho método também
funcionaria para aumentar as vendas e ajudar a atingir
outros resultados positivos. Sempre que escrevia um texto promocional
ou uma carta de mala-direta eu enviava amor junto
com ela. Sempre que escrevia um livro, como o Zero Limits e
também este que você está lendo, eu ficava repetindo mentalmente
"Eu te amo".
Constatei que os meus e-mails e textos estavam sendo lidos
e distribuídos para milhões de pessoas. O meu livro Zero Limits
tornou-se um sucesso na Amazon - seis meses antes de ser publicado.
Um número tão grande de pessoas o encomendou com
antecedência que ele entrou para a lista de best-sellers.
Mas meus testes não pararam por aí.
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:20 pm

94 Joe Vitale
Como eu queria ter certeza de que o método funcionava
para os outros e não apenas para mim, ensinei-o aos meus amigos
mais próximos. Bill Hibbler, que escreveu Meet and Grow
Rich em parceria comigo, mostrou-se cético a princípio. No
entanto, pegou emprestado um exemplar da primeira versão de
Zero Limits antes do livro ser publicado. Depois de ler, começou
a amar os seus produtos e a sua lista de assinantes. Eis o depoimento
dele:
"As vendas do período de 1 a 4 de janeiro foram 41,39 %
maiores do que no período de 1 a 4 de dezembro. Durante esse
intervalo de quatro dias em janeiro, não enviei nada para os assinantes
da minha lista e nem lancei nenhuma promoção nova.
Tudo que fiz foi me purificar enquanto lia o seu livro e também
no resto do dia."
Bill disse ainda que viu as suas vendas aumentarem a partir
de sites como http://create-ultimate-ebooks.com/ - que ele
não estava promovendo.
Como isso é possível?
Como a purificação por meio de um mantra como "Eu te
amo" pode fazer diferença nas vendas?
Parece que não há nada lá fora. O mundo inteiro é uma projeção
do que sentimos interiormente. Assim, se você sentir
amor, atrairá amor. Como o amor contém gratidão, você atrairá
mais coisas pelas quais poderá se sentir grato. Essa é a essência do
meu livro The Attractor Factor, e, é claro, do filme O segredo. Você
atrai o que você sente.
É isso aí.
No fundo, acho que as pessoas só desejam amor. Bem, é isso
que todo mundo quer. Quando você diz "Eu te amo" interiormente,
você se purifica e irradia uma energia que os outros conseguem
sentir. O resultado: mais vendas.
Ainda está cético?
Pense nisso da seguinte maneira:
A CHAVE 95
Mesmo que este método pareça totalmente maluco, que mal
pode fazer dizer mentalmente "Eu te amo" enquanto dá telefonemas,
redige e-mails, faz apresentações e executa as tarefas do
seu dia-a-dia? No mínimo, você se sentirá melhor.
Experimente para ver.
Aliás, "Eu te amo".
Vou dar um exemplo de como o processo funciona:
Quando descobri que eu tinha nodos linfáticos intumescidos
no peito que poderiam ser potencialmente cancerosos,
entrei inicialmente em pânico. O especialista em câncer com
quem me consultei pintou um quadro bastante sombrio. Ele
queria fazer imediatamente uma biópsia, sem sequer me descrever
o possível dano a longo prazo que uma coisa assim poderia
causar. Mencionei anteriormente neste livro que procurei a
ajuda de amigos, curadores e outras pessoas. Eles ofereceram
sugestões e agi em função de muitas delas. Mas também pratiquei
o método de purificação "Eu te amo".
Um dia, quando estava em casa, fiquei deitado na cama, repetindo
mentalmente "Eu te amo" para o Divino, e tive de
repente uma inspiração. Percebi que esse problema de saúde era
uma dádiva. Mas sendo assim, o que ele estava me proporcionando?
Muitas pessoas dizem que o câncer ou outro susto relacionado
com a saúde acabou despertando-as ou fortalecendo-as.
Eu me perguntei se a minha doença também traria uma lição
para mim.
Enquanto repetia mentalmente "Eu te amo", comecei a
visualizar os nodos intumescidos no meu peito. Eu já tinha visto
as imagens da tomografia, por isso sabia que aparência os nodos
tinham. Enquanto os observava na imaginação, comecei a conversar
com eles. Perguntei: "O que vocês querem que eu aprenda?"
e "O que vocês estão querendo me dizer?"
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:21 pm

9 6 Joe Vi tal e
A CHAVE 97
Quase instantaneamente vi a imagem da minha falecida
esposa. Ela havia morrido três anos antes. Fomos casados durante
mais de vinte anos e ela era a minha melhor amiga. Enquanto
pensava nela, vi a imagem, e disse "Eu te amo". Comecei a me
sentir triste. Quando ela morreu, chorei diariamente durante
um ano. Depois, passei a chorar de vez em quando, e pouco a
pouco parei de chorar. Mas eu ainda sentia falta dela.
Comecei a sentir que os nodos intumescidos eram um símbolo
de que eu estava me agarrando a ela. As imagens dos nodos
no vídeo pareciam uma minúscula criatura agarrando-se ao
interior do meu corpo. Parecia uma sólida metáfora do que
ainda estava na minha mente. Eu não me libertara totalmente da
minha mulher. Parte de mim ainda estava agarrada a ela.
Continuei repetindo mentalmente "Eu te amo". Enquanto
eu fazia isso, outras frases vieram à tona, como "Desculpe" e "Por
favor, me perdoe". A medida que eu continuava o processo, vi as
imagens dos nodos ficarem cada vez menores e finalmente desaparecerem.
Depois de praticar esse método de purificação por mais ou
menos vinte minutos, eu me senti livre. Embora ainda não
pudesse provar que os nodos intumescidos haviam desaparecido,
interiormente eu sabia que era o que tinha acontecido. Eu os
amara, ouvira a mensagem deles, e os libertara. E posteriormente,
quando fiz a ressonância magnética, os nodos se revelaram
inofensivos.
Outro dia, conheci um professor em San Antonio que trabalha
com crianças que têm necessidades especiais. Ele leu Zero Limits
e começou a praticar o método "Eu te amo". Ele me disse que
um dos seus alunos era quase catatônico. A criança simplesmente
ficava contemplando o vazio, babando, e não reagia a nada.
Em vez de trabalhar com a criança, o professor decidiu trabalhar
consigo mesmo. Sentou-se na sala de aula e ficou repetindo
"Eu te amo" em silêncio, enquanto pensava no menino. Fez
isso durante vários minutos.
Em seguida, aproximou-se do aluno e perguntou se ele gostaria
de trabalhar em um problema de matemática. Para assombro
do professor, o menino olhou para ele e respondeu: "Sim,
vou tentar isso agora."
O aluno passou os trinta minutos seguintes trabalhando.
Segundo o professor, esse foi um progresso inusitado que ele
atribuiu a esse método de purificação. Em vez de mudar o
aluno, o que significa tentar mudar o exterior, o professor trabalhou
em si mesmo. Quando fez isso, o menino mudou.
Esses são os milagres deste método.
Pense em alguma coisa ou alguém que esteja deixando você
frustrado neste momento. Pode ser um problema de saúde. Pode
ser um colega de trabalho com quem você não se dá bem. Não
importa o que seja. Escolha uma coisa, qualquer coisa, para praticar
este exercício.
Enquanto pensa nessa coisa ou nessa pessoa, comece a repetir
mentalmente "Eu te amo". Você pode dirigir a declaração
para o Divino. Quer você acredite que está funcionando, quer
não, confie no processo e prossiga.Tudo que você precisa fazer é
repetir "Eu te amo". Enquanto estiver fazendo isso, você começará
a sentir amor, e começará a transformar a coisa ou a pessoa
em questão.
Lembre-se de que ninguém precisa saber o que você está
fazendo. Como o dr. Hew Len diria, não existe nenhum "lá
fora". Está tudo dentro de você. Tudo consiste no seu relacionamento
com o Divino. E tudo que você precisa fazer para purificar
esse relacionamento é dizer três palavrinhas.
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:23 pm

Faça isso agora e em seguida relate a sua experiência aqui ou no seu diário:

Rompendo os bloqueios de energia
A causa de todas as emoções negativas é um distúrbio
no sistema de energia do corpo.
- GARY CRAIG
Anos atrás eu costumava ter ataques de pânico. Eles eram inesperados
e desagradáveis. Antes de saber que eu os estava criando por
razões inconscientes, lutei para descobrir maneiras de eliminálos.
Uma das melhores ferramentas que usei para me libertar
desse problema era tão simples que me pareceu impossível.
Roger Callahan ensinou-me como esse método funcionava.
Ele é conhecido como Terapia do Campo do Pensamento (TFT,
na sigla em inglês). Um dos primeiros produtos que Roger
criou foi um conjunto de fitas de áudio e vídeo chamado
Eliminate Fear of Public Speaking, que ensinava as pessoas a perderem
o medo de falar em público. Seu método envolvia golpear
de leve, com os dedos, partes do rosto, do peito e dos braços.
Enquanto aplicavam esses golpes, as pessoas deveriam repetir
algumas frases. Embora eu na verdade não acreditasse muito no
método (mas certamente tivesse esperanças de que ele funcionasse),
o experimentei mesmo assim. Para o meu assombro, funcionou.
E ainda funciona. Todas as vezes.
Comecei a estudar a Terapia do Campo do Pensamento, e,
em seguida, os métodos que surgiram a partir dela, como as
Técnicas de Libertação Emocional (EFT, na sigla em inglês).
Existem hoje em dia centenas de professores de EFT, e milhares
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:25 pm

de pessoas que praticam esse método. Uma delas é BradYates.
100 Joe Vitale
Brad e eu criamos um seminário chamado Money Beyond
Belief (vvww.moneybeyondbelief.com). Ele ensina as pessoas a
usar essa técnica tão simples de aplicar leves golpes com os dedos
para superar as convicções inconscientes relacionadas com o
dinheiro. Ele também foi um dos convidados que chamei para o
meu seminário sobre como atrair um carro novo (www.atrractanewcar.
com). Brad ajudou as pessoas a libertarem-se das suas
limitações internas para que fossem receptivas a um carro novo
e o atraíssem para as suas vidas. Como Brad é um mestre de EFT,
pedi para ele explicar como utilizar esse método para romper
qualquer tipo de bloqueio. Eis o que ele tem a dizer:
Curando-se com EFT
BradYates
www.bradyates.net
Uma parte freqüentemente negligenciada no processo de
manifestação dos desejos é a libertação. Quase todos os ensinamentos
sobre a Lei da Atração nos dizem para concentrar-nos no
que realmente queremos, entrar em contato com os sentimentos
positivos e depois deixar de pensar no assunto e esperar tudo se
manifestar.
Muitas pessoas esperam e observam, e ficam cada vez mais
frustradas à medida que nada se manifesta.
O problema é que de 80% a 90% do nosso processo de pensamento
é inconsciente. Assim sendo, embora ocasionalmente
possamos concentrar a energia positiva naquilo que queremos,
julgando que as nossas vibrações estão realmente em harmonia
com o que desejamos, na maioria das vezes predominam os nossos
pensamentos e sentimentos interiores a respeito do que
podemos ou devemos ter. Se você quiser saber o que seus sentimentos
interiores estão atraindo, dê uma olhada a sua volta e
A CHAVE 101
examine o que você tem. Se não estiver cercado pelo que afirma
desejar, então, na maioria das vezes, as suas vibrações não estão
em sintonia com o que você diz que deseja.
A boa notícia é que isso não significa que a Lei da Atração
não funcione para você. Ela está sempre funcionando. Significa
apenas que você tem convicções conflitantes a respeito do que
deseja, e é possível se libertar dessas convicções.
Existem muitos métodos para se fazer isso. No programa da
Oprah sobre O segredo, Jack Canfield mencionou alguns deles,
inclusive as Técnicas de Libertação Emocional (EFT), que são a
minha ferramenta preferida. Elas são usadas para livrar você de
sentimentos desagradáveis, tanto emocionais quanto físicos. É
um método simples, eficaz e geralmente muito rápido, e funciona
no nível da conexão mente-corpo. E o melhor de tudo é que
você pode facilmente praticar o método sozinho. Um número
cada vez maior de pessoas está começando a considerar a EFT
uma ferramenta inestimável para ativar a Lei da Atração de uma
maneira mais consciente, livre dos conflitos inconscientes.
A EFT baseia-se na antiga medicina chinesa. Ela utiliza os
meridianos, ou seja, os mesmos fluxos de energia usados na acupuntura.
As emoções negativas, que nos impedem de atrair o que
conscientemente desejamos, são causadas por distúrbios nesse
sistema de energia. Ao golpear levemente pontos-chaves, equilibramos
a energia e rompemos os bloqueios. A EFT também é a
ferramenta de redução do estresse mais fácil que já encontrei.
A abundância do Universo é ilimitada — você pode ter qualquer
coisa que desejar. Se você não tem as coisas que deseja, é
porque está resistindo a elas. As razões mais comuns para resistirmos
às coisas que desejamos são recear que elas não sejam seguras
para nós ou achar que não as merecemos. Com freqüência,
ocorre uma combinação desses dois fatores.
Eis algumas sugestões para que você comece a usar a EFT
para se libertar dessas convicções limitantes. Você simplesmente
vai usar dois dedos para golpear levemente certos pontos nos
quais os meridianos são estimulados com mais eficácia. Primeiro
golpeie a lateral da sua outra mão, naquele ponto em que os luta
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:26 pm

102 Joe Vitale
dores de caratê usam para quebrar tijolos. Em seguida, golpeie os
seguintes pontos:
• O início da sobrancelha.
• A lateral do olho.
• Logo abaixo do olho.
• Logo abaixo do nariz.
• Logo abaixo da boca (no alto do queixo).
• O ponto exato onde as clavículas se juntam.
• Dez centímetros abaixo da axila.
• O alto da cabeça.
Para obter mais informações sobre como usar a EFT, ver um
diagrama explicativo e ouvir instruções em áudio, visite o site
www.bradyates.net e clique em "EFT".
Comece fechando os olhos, inspirando profundamente, e
perguntando a si mesmo: "Eu posso ter (seja
qual for a coisa que você queira atrair - um carro novo, uma casa
etc.)?" Repare no sentimento de resistência que surge no seu
corpo e nos seus pensamentos. Avalie essa resistência em uma
escala de 0 a 10.
Golpeie levemente o primeiro ponto, a lateral da sua mão, e
diga: "Embora eu sinta que não posso ter isso, eu amo e aceito a
mim mesmo completa e profundamente."
Em seguida, golpeie de leve os outros pontos, dizendo: "Eu
não posso ter isso."
Inspire profundamente e verifique interiormente se a resistência
diminuiu. Continue repetindo a frase até se sentir aliviado.
Agora, avalie em uma escala de 0 a 10 o quanto você acredita
que merece ter o que deseja, e faça o mesmo exercício só
que dessa vez declarando: "Embora eu sinta que não mereço ter
isso, eu amo e aceito a mim mesmo completa e profundamente."
Você talvez esteja se perguntando: "Por que eu diria isso?
Devo concentrar-me apenas nos pensamentos positivos!"
Vou lhe fazer uma pergunta então: se você derramasse alguma
coisa no chão, seria sensato não dar atenção a esse fato e
concentrar-se apenas nos lugares onde o chão está limpo? Você
A CHAVE 103
pode realmente expulsar a bagunça da sua mente sem encará-la
de frente? O ponto é exatamente: limpe a bagunça, expulse-a e
sinta a liberdade de poder movimentar-se de um lado para o
outro sem precisar fingir que uma coisa não está presente.
Quando você se liberta das convicções limitantes, as suas
vibrações passam a ficar em harmonia com o que você verdadeiramente
deseja mesmo quando não está se concentrando nisso, o
que, naturalmente, acontece na maior parte do tempo.
Uma última coisa: a EFT também pode ser uma ferramenta
de libertação muito eficaz quando usada junto com outros
métodos. Eu, por exemplo, a incorporei ao ho'oponopono, golpeando
levemente os diversos pontos e declarando: "Desculpe,
por favor, me perdoe, obrigado, eu te amo." Experimente.
Para aprender mais profundamente como se libertar dos
bloqueios com a EFT, consulte Money Beyond Belief, um programa
que criei junto com Joe e que é descrito no site
www.moneybeyondbelief.com.Talvez você não esteja querendo
atrair mais dinheiro, mas ainda assim vale a pena dar uma olhada
no site, porque os mesmos problemas que bloqueiam o dinheiro
freqüentemente inibem outras coisas que você ainda não está
conseguindo desfrutar. Você merece as coisas que deseja; deixeas
entrarem na sua vida.
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:29 pm

"Nevillize"
O mundo é a imaginação humana lançada para fora.
- NEVILLE GODDARD

Uma das ferramentas mais poderosas para atrair qualquer coisa
que você quiser e remover qualquer obstáculo que esteja impedindo
que ela chegue até você é algo que chamo de "Nevillizar".
Criei o termo para homenagear Neville Goddard, um místico
de Barbados que dava várias palestras e escreveu muitos
livros, como Your Faith Is Your Fortune, The Power of Awareness,
Immortal Man e At Your Command.
Neville acreditava que criamos a nossa realidade por meio
da imaginação. Se quisermos modificar alguma coisa na nossa
vida, temos que visualizar uma nova experiência. No entanto,
Neville salientava logo em seguida que as imagens criadas pelo
poder da imaginação não eram por si só suficientes. Duas outras
coisas também são necessárias: sentir o resultado final e ter a sensação
de que eleja está acontecendo.
Muitas pessoas acreditam que o que vêem mentalmente
tende a se manifestar. No entanto, para acelerar esse processo da
manifestação, você também precisa sentir que já alcançou a coisa
desejada. Em outras palavras, ver o carro que você quer é uma
coisa; imaginar a sensação de possuí-lo é outra bem diferente. Esta
última acelera a Lei da Atração.
Em uma palestra que deu em 1969, Neville disse o seguinte:
A CHAVE 105
"Se você encarar uma situação como uma coisa externa,
ficará enredado nas suas sombras, pois todos que reagem a esse
ato imagético são sombras. Como uma sombra pode causar
resultados no seu mundo? No momento em que você confere à
outra pessoa o poder de causar os resultados, você transfere para
ela o poder que legitimamente pertence a você. Os outros são
apenas sombras, que fazem parte das atividades que acontecem
dentro de você. O mundo é um espelho que reflete eternamente
o que você está fazendo interiormente."
Neville estava ensinando que o mundo exterior é simplesmente
uma projeção do mundo interior. Se você mudar o interior,
muda o exterior. Para atrair qualquer coisa, você precisa
agir no plano interior do seu ser. Você faz isso usando a imaginação
e o sentimento.
Eis um exemplo de como esse processo funciona:
Quando fui convidado a aparecer no programa de televisão
Larry King Live, agarrei rapidamente a oportunidade. Mas confesso
que também estava nervoso. Eu estava prestes a aparecer ao
vivo na televisão e ser visto por milhões de pessoas. Todos os
meus receios e inseguranças vieram à tona. E se eu disser alguma
coisa idiota? E se eu gaguejar? E se der um branco na minha
cabeça? E se eu engasgar? E se Larry não gostar de mim? E se os
telespectadores não concordarem comigo?
Senti medo enquanto estava sentado no avião que me levava
do Texas para Los Angeles. Mas logo compreendi que quanto
mais eu imaginava e sentia as coisas que não queria, mais eu iria
atraí-las para a minha realidade. Eu estaria usando a Lei da
Atração para atrair o que eu não queria.
O que fazer então?
Lembrei-me de Neville. Peguei um bloco, uma caneta e
comecei a descrever o programa de televisão da maneira como
106 Joe Vitale
eu queria que acontecesse. Eu me vi na frente de Larry King e
descrevi os meus sentimentos com relação a essa experiência
como se ela já tivesse acontecido. Imaginei tudo do modo mais
completo possível, impregnei a descrição que escrevia de energia
e emoção, e comecei a sentir que ela efetivamente iria acontecer.
O processo durou apenas alguns minutos. Quando terminei,
li e reli o que tinha escrito, sorrindo a cada leitura. Cheguei ao
hotel, coloquei o bloco ao lado do travesseiro e olhei para ele
várias vezes. Aquelas Unhas me lembravam do resultado final que
eu desejava. Quando eu voltava a lê-las, sentia a alegria do programa
acontecendo da maneira como eu tinha descrito, e relaxava.
Naquela noite, quando me sentei com Larry King diante das
câmeras, eu estava calmo e confiante. Respondi às perguntas,
sorri, ri, e surpreendi Larry ao anunciar a produção de uma continuação
do filme O segredo. Em resumo, criei uma nova experiência
ao nevillizá-la.
Você também pode fazer isso. A idéia é escrever um roteiro
do que você quer que aconteça, mas como se já tivesse acontecido.
Finja que está escrevendo no seu diário o seu comentário
sobre o dia em que atraiu a sua meta. Deixe os sentimentos agradáveis
fluírem. Imagine a alegria que você sentiu. Este simples
exercício programará o evento para que ele ocorra como você
imaginou.
Por exemplo, você deseja uma casa nova? Wallace Wattles
escreveu o seguinte no livro A ciência de ficar rico: "Viva mentalmente
na casa nova, até que ela tome forma, fisicamente, ao seu
redor. Desfrute imediatamente, na esfera mental, o prazer completo
das coisas que você deseja."
Wattles escreveu ainda: "Veja as coisas que você deseja como
se elas estivessem efetivamente ao seu redor o tempo todo; veja
a si mesmo possuindo-as e usando-as."
Tanto Wattles quanto Neville estão estimulando você a usar
a imaginação para criar o futuro que você deseja. Mas o truque
A CHAVE 107
é fazer isso com sentimento, e não apenas por meio de imagens
mentais. Acho que este é o segredo que faltava para você atrair
tudo que quiser: um número enorme de pessoas usa apenas a
capacidade de criar imagens mentais e se esquece de acrescentar
emoção à imaginação. O sentimento acelera o processo de atração.
É por esse motivo que temos a tendência de atrair as coisas
que amamos ou odiamos. As emoções intensas aumentam a
velocidade da Lei da Atração.
Neville declarou certa vez: "Você está interpretando um papel
neste momento. Se não gosta dele, você pode modificá-lo. Você
pode interpretar o papel de um homem mais rico do que você
era 24 horas atrás. Sua vida é apenas um papel que você pode
interpretar, se quiser."
Você muda o papel que interpreta imaginando com sentimento.
É preciso imaginar como você quer que a situação aconteça,
mas faça isso com sentimento, como se ela já tivesse acontecido.
Essa atitude também ajudará você a saber que ação deve
praticar para começar a atrair o resultado desejado.
Neville escreveu o seguinte em The Power of Awareness:
Você precisa simular o sentimento do desejo satisfeito até que a
sua simulação tenha toda a nitidez sensorial da realidade. Você precisa
imaginar que já está vivenciando o que deseja, ou seja, precisa
simular o sentimento da satisfação do seu desejo até ser possuído
por esse sentimento e ele se tornar tão grande a ponto de
expulsar todas as outras idéias da sua consciência.
É isso que você deve fazer, ou seja, narrar por escrito uma
situação com um número tão grande de detalhes que ela pareça
real e dê a impressão de já ter acontecido. Lembre-se de que o
evento em si ainda poderá ser diferente de como você o descreve
quando o nevilliza. Você ainda está aprendendo a atrair o que
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:30 pm

108 Joe Vitale
quer. Eu também. Você está aprendendo a criar situações de um
modo consciente.
Nas linhas abaixo, ou no seu diário, nevillize alguma coisa
que você quer atrair. Certifique-se de que está descrevendo a
imagem desejada. A sua ênfase deve recair no resultado. Você é o
roteirista dos seus sonhos. A única ferramenta que precisa é uma
caneta e a sua imaginação energizada. Divirta-se!
Oitavo método de libertação
Por favor, me perdoe
Não pergunte a si mesmo o que o mundo precisa. Pergunte
a si mesmo o que deixa você realizado e em seguida faça isso,
porque o mundo precisa de mais pessoas realizadas.
- HOWARD THURMAN
Se você não está avançando em alguma área da sua vida, se não
está conseguindo atrair o carro, a casa, o emprego, o relacionamento
ou qualquer outra coisa que você realmente quer, isso
pode muito bem estar acontecendo devido a uma falta de perdão.
Talvez você não tenha perdoado alguém. Talvez não tenha
perdoado a si mesmo. Não importa. Agarrar-se a memórias,
emoções ou histórias do passado certamente obstrui a sua energia
e bloqueia a sua capacidade de atrair o que você deseja.
O que você precisa fazer agora é perdoar.
Eu costumava ter dificuldades com esta questão. Tinha medo
de que se perdoasse a alguém, não aprenderia a lição e seria
enganado novamente. No entanto, ao examinar essa convicção,
compreendi que ela não passava disso: uma convicção. Não era a
realidade. Não se baseava em fatos. Não era verdadeira.
Uma vez um cliente me devia muito dinheiro. Ele não estava
pagando, e era óbvio que iria me dar um calote. Naquela
época, eu ainda tinha a mentalidade de vítima. Eu achava que
tanto o meu cliente quanto o resto do mundo estavam querendo
me prejudicar. Eu tinha lido vários livros a respeito das injustiças
feitas ao longo da história e da idéia de que os mais aptos
sempre se saíam melhor, portanto achava que era preciso ser
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:30 pm

110 Joe Vitale
ganancioso e implacável nos negócios, caso contrário fracassaria.
No entanto, não queria ser algo que eu não gostava. Não queria
me tornar um "deles". Por isso, eu vivia com a minha dor e o
meu ressentimento.
É claro que a única pessoa prejudicada por essa mentalidade
era eu mesmo. O cliente que me devia dinheiro nunca sentiu a
minha dor. Não tenho a menor idéia se ele sentia alguma coisa.
Enfim, o fato de eu guardar rancor só deixava uma pessoa deprimida:
eu.
Quando comecei a ler livros de auto-ajuda e a usar alguns
dos métodos de libertação como os que estou apresentando
nesse livro, compreendi que era possível abandonar o meu ressentimento.
Eu podia perdoar o meu cliente. Eu podia perdoar a
mim mesmo.
Foi exatamente o que fiz. E — você provavelmente já adivinhou
o fim dessa história - o meu cliente apareceu e pagou o
dinheiro que me devia. Mas eu não lhe perdoei porque queria
receber o dinheiro. Simplesmente lhe perdoei, esqueci do dinheiro
e deixei de pensar no assunto.
Vamos examinar essa questão mais de perto para que você
entenda o perdão e o seu poder como um método de libertação.
Perdoar ao outro é, em parte, uma atitude que reforça e satisfaz
o ego. Quando você diz "Eu te perdôo" para alguém, você está
dizendo que tinha uma espécie de poder sobre essa pessoa. Você
era o Rei ou a Rainha, e por meio do decreto "Eu te perdôo"
declara a outra pessoa "livre" do seu ressentimento. Isso não é o
verdadeiro perdão. Na verdade, pode até ser uma forma de
manipulação.
Bem mais poderoso é dizer "Desculpe" para as pessoas que
você magoou. Se você nunca assistiu à série My Name is Earl na
televisão, sugiro que assista a ela quando tiver oportunidade. Ela
A CHAVE 111
é sobre um ladrão insignificante que percebe que se fizer boas
coisas, boas coisas acontecerão. Ele faz uma lista de todas as pessoas
que magoou na vida e em seguida se esforça para fazer alguma
coisa para apagar o seu erro.
Há cerca de duas décadas, fiz algo semelhante. Elaborei uma
lista com todas as pessoas que eu já tinha magoado. Em seguida,
procurei-as e paguei o dinheiro que lhes devia, devolvi ferramentas
ou objetos e disse a elas que estava arrependido por têlas
prejudicado. Fiz o possível para reconciliar-me com o meu
passado. A sensação foi maravilhosa.
Sei também que existe um nível de perdão que vai além de
ser perdoado ou perdoar aos outros. Um dos mais poderosos
métodos de libertação que você pode usar é perdoar a si mesmo.
O erro está na sua maneira de entender uma determinada
pessoa, e não na outra pessoa. É verdade que ela pode ter feito
alguma coisa que você preferiria que não tivesse feito, mas é a
forma como você a julga que causa o conflito. Quando pára de
julgar, você se liberta. E com freqüência, quando você se liberta,
a outra pessoa faz o que você queria que ela fizesse. O primeiro
passo, contudo, é perdoar sinceramente a si mesmo.
Isso pode ser chamado de perdão radical. É a compreensão de
que não aconteceu nada errado. Você talvez tenha feito um mau
julgamento da situação. No entanto, do ponto de vista do
Divino, o que ocorreu é simplesmente o que ocorreu. Acabou.
Terminou.Virou história. O fato de você estar se agarrando aos
seus julgamentos sobre uma determinada pessoa ou situação está
consumindo a sua energia, energia essa que poderia estar sendo
usada para atrair o que você deseja.
Colin Tipping escreveu o seguinte no livro Radical Forgiveness
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:32 pm

112 Joe Vitale
O perdão tradicional é do tipo "o que passou, passou". E isso é até
certo ponto aceitável. Entretanto, como acreditamos que algo
ruim aconteceu, ainda pensamos em nós mesmos como vítimas,
por mais que nos esforcemos para perdoar. Essa situação sempre se
manifesta como uma luta entre duas energias conflitantes: a necessidade
de condenar versus o desejo de perdoar.
De acordo com Tipping, o "perdão radical" acontece quando
você percebe que nada de ruim ou negativo aconteceu. Na
verdade, a situação não aconteceu com você e sim para você. Ou
seja, ela aconteceu para ajudá-lo a despertar e crescer. Fazia parte
do processo que levou você ao lugar onde está agora. E a partir
de onde você está, você pode atrair milagres.
Obviamente, você só precisa perdoar.
Mas como fazer isso?
Dizer apenas "Eu me perdôo" talvez não cause a mudança
interior que você está buscando. E você não precisa dizer "Eu te
perdôo" para ninguém, uma vez que, para início de conversa, a
pessoa não tinha culpa de nada. Estava simplesmente fazendo o
papel dela, e vocês dois criaram uma história que favoreceu o
seu crescimento. Na verdade, você provavelmente deveria agradecer
à outra pessoa.
E então, como perdoar a si mesmo?
Vou recorrer ao meu livro Zero Limits e sugerir que você
peça ao Divino que perdoe os seus erros de julgamento. Esse
processo pode ser tão simples quanto dizer "Por favor, me perdoe"
ou "Desculpe". Você não precisa dizer essas palavras em voz
alta. Tampouco precisa senti-las. À medida que você repete essas
palavras em silêncio, dirigindo-as ao Divino (seja lá o que isso
signifique para você), você começa a deixar a energia que está
presa dentro de você fluir livremente.
Não é complicado. Você não precisa entender como funciona.
Você está trabalhando no nível da alma para romper os bloqueios
que os seus julgamentos criaram dentro de você. Expe-
A CHAVE 113
rimente e verifique os resultados. Diga "Desculpe" e "Por favor,
me perdoe" para o Divino. Em seguida, fique calado e permita
que o silêncio o liberte.
Você também pode fazer uma lista de pessoas que precisam
de perdão e escrevê-la aqui ou no seu diário.
E lembre-se de perdoar a si mesmo!
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:32 pm

Nono Método de Libertação
O corpo fala
Para obter uma coisa é necessário que
a mente se apaixone por ela.
Arrow
- WILLIAM WALTER ATKINSON


Última edição por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:35 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:34 pm

Quando fui entrevistado pela segunda vez por Larry King, ele
me fez a seguinte pergunta:
- As idéias do filme O segredo podem ajudar um viciado?
- Com certeza - respondi. - Elas já estão ajudando milhares
de pessoas.
- Mas um viciado? - insistiu Larry. - O corpo do viciado
continua viciado, não é mesmo?
Expliquei que a mente não se resume ao cérebro, ela abrange
o corpo inteiro. O cérebro é o sistema operacional ou centro
de controle, mas a mente não está apenas nele. A mente na verdade
está em todas as partes do corpo. Por isso podemos guardar
no corpo memórias emperradas e emoções bloqueadas. Quando
libertamos o corpo, libertamos a mente. Quando libertamos a
mente, libertamos o corpo.
- Mude a mente e você mudará o corpo - eu disse a Larry.
Como estava em um programa de televisão, não tive a chance
de explicar mais detalhadamente as minhas respostas. Por
sorte existem livros como este e pessoas como Jennifer McLean,
que escreveu o artigo que se segue para ajudá-lo a livrar o seu
corpo e a sua mente de quaisquer bloqueios. Jennifer McLean é
especializada em Reiki e dois outros tipos de terapia: a craniossacral
e a da polaridade. Há 15 anos ela pratica essas técnicas de
A CHAVE 115
cura em sessões particulares e apresenta seus resultados em seminários.
Para saber mais sobre o trabalho dela, visite o site
www. healingrelease. com.
tmesis s/fiy erw/Mjfisi
Jennifer McLean
As técnicas a seguir conduzirão você por uma jornada pela inteligência
do corpo que revelará os pensamentos presos nos sistemas
físicos de energia celular. Esses pensamentos emperrados
nos impedem de realizar os nossos sonhos e se manifestam como
dor (física, emocional e espiritual).
O corpo freqüentemente retém pensamentos e emoções,
que ficam bloqueados até serem descobertos, reconhecidos e
superados. As energias presas no corpo são geralmente conseqüência
de um trauma não resolvido. Esse trauma surge com um
dano físico, emocional, mental ou espiritual, mas percebi com a
minha experiência que alguns desses fatores, e talvez todos eles,
podem estar combinados bloqueando a energia. Um trauma físico,
por exemplo, pode ter uma causa tão dramática quanto um
acidente de carro ou pode ter pouca importância, como quando
você dá um chute no seu irmão e machuca o dedão do pé. O
fundamental é perceber o pensamento que embasa a ação, ou
seja, o pensamento que ocorreu enquanto você estava sofrendo
o trauma, e também o lugar onde ele ficou aprisionado no
corpo. Quando o pensamento e a emoção que estão por trás do
bloqueio de energia são expostos, reconhecidos e superados com
gratidão, a inteligência curativa natural do corpo reaparece trazendo
equilíbrio, saúde e restabelecendo o fluxo de energia.
Quando esse fluxo é restaurado, as comportas da oportunidade
se abrem.
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:36 pm

116 Joe Vitale
Constatei tanto no meu processo individual quanto no trabalho
que faço com os meus clientes que quando me dirijo ao
corpo e "faço perguntas" à estrutura celular e às emoções retidas
nessas estruturas, freqüentemente é mais fácil identificar onde
está o bloqueio. Por exemplo, tenho trabalhado com os sentimentos
de abundância, alegria e companheirismo com resultados
variados. Quando apresento esses sentimentos ao corpo e
pergunto onde eles estão, descubro o caminho para entender e
superar o bloqueio, despertando assim a verdadeira sensação que
eu desejava, tanto no plano físico quanto no emocional.
A jornada do corpo - técnicas para se curar
Comparo essas técnicas à física quântica e ao "efeito do
observador". O objetivo é avaliar o sistema energético enquanto
ele se expressa. Quando você observa o movimento da energia e
percebe os seus bloqueios, o corpo sabe que você está prestando
atenção, por isso se altera e se reorganiza em um novo padrão de
saúde e equilíbrio. Trata-se de um diálogo ativo:
Você: Olá, corpo, mostre-me o que deseja me mostrar, eu
prometo prestar atenção.
Corpo: Legal, que bom que você está aqui. Recebi o seu
pedido de abundância/companheirismo/liberdade/divertimento/
felicidade (etc.), e sem dúvida tenho algumas coisas para mostrar
a respeito disso.
Já começou: as palavras que você lerá agora estão impregnadas
de perdão, amor e equilíbrio. Enquanto você faz essa leitura,
o processo está em andamento.
Técnica número 1: usando o trauma para se libertar
Leia esta técnica do início ao fim antes de experimentá-la.
Primeira parte — encontre o seu centro
Vá para um lugar onde se sinta à vontade e deite-se ou
sente-se com as costas apoiadas. Respire profundamente algumas
A CHAVE 1
vezes (no mínimo, três), procurando oxigenar o corpo e relaxar.
Cada respiração deve durar, no mínimo, dez segundos. A respiração
deve começar logo abaixo do umbigo (você pode colocar a
mão nele para verificar); o peito se enche em seguida, e os
ombros (levemente) por último. Imagine o ar preenchendo a
parte superior do seu pulmão. Essa respiração também deve fazer
com que você tenha a impressão de estar massageando internamente
os seus ombros e o seu pescoço.
Agora que você está relaxado, sinta o seu corpo e encontre
o lugar que dá a impressão de ser o seu centro. Deixe que sua
consciência flutue dentro do seu corpo como uma pérola que
afunda lenta e delicadamente na água. A pérola vai parar exatamente
no seu centro. Descubra o silêncio desse ponto central. Se
surgirem pensamentos, dobre-os como se fossem pedaços de
pano e deixe-os de lado.
Segunda parte - olhe, observe, sinta, dialogue
Quando você sentir que o seu centro está livre, vá para o
lugar onde se encontra a dor física; dirija-se à tensão ou ao desconforto
no seu corpo. Essa dor está chamando você por alguma
razão, ela é extremamente importante para que você consiga
identificar o problema que tem que resolver.
"Ir para" significa levar a sua atenção para um lugar específico
no seu corpo. Finja que os seus olhos estão voltados para
dentro e que você consegue enxergar esse lugar de tensão e dor.
Esta é a parte mais importante desta técnica: ir ao local da dor e
observá-lo. Qual é a aparência dele? Algumas pessoas vêem
objetos (um copo, um cilindro, uma caixa, uma casa, um brinquedo
etc); outras, uma cor; algumas têm uma sensação (macio,
duro, pegajoso etc); e também há quem sinta uma emoção
(raiva, frustração, confusão etc).
Depois de voltar completamente a sua atenção para esse
lugar dentro do corpo, faça um exame atento e inicie o seu diálogo
interior. Descreva detalhadamente para si mesmo o que
você está vendo e sentindo. Repare nas mudanças que possivelmente
ocorrerão (lembre-se do efeito do observador: o seu
corpo fica feliz ao vê-lo e quer lhe mostrar alguma coisa. Ele
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:37 pm

118 Joe Vitale
usará uma linguagem simbólica que você entenderá.) Faça as
seguintes perguntas:
• Por que você (a coisa que você está observando) está aqui?
• O que você é?
• Você tem alguma coisa importante para me mostrar? (Repare
nas mudanças, e pergunte por que elas aconteceram.)
• De que maneira a forma como você se manifesta pode ser
útil para mim?
• De onde você vem (um evento, uma conversa constrangedora,
uma lesão física, um incidente desagradável etc.)?
Observação Especial: se for um evento traumático, não fuja
do trauma; apenas reconheça a memória e volte ao que
você estava observando com o novo entendimento da origem
da tensão e da dor.
• Estou disposto a me libertar? Se for este o caso, como
posso fazer isso? (Você não está buscando neste caso uma
resposta do tipo "exercite-se mais" ou "procure perder
peso". A resposta será dada pelo objeto que você está
observando. Qual a sensação que você sente no corpo
com relação a se libertar?)
• Existe alguma coisa que possa me ajudar a me libertar (do
que você está observando)? Sempre existem forças auxiliares
prontas para ajudá-lo; peça orientação para poder lidar
com o que você estiver vendo, seja o que for.
Observe agora as mudanças enquanto conversa com o seu
corpo. Ele se modificará e encontrará um padrão de equilíbrio.
A mudança talvez se manifeste como um grande suspiro, lágrimas
poderão aflorar ou quem sabe você comece a rir. Freqüentemente
calor é liberado e, às vezes, você poderá sentir uma
vibração. Um formigamento no cólon também é indício de que
há energias em transformação. Tudo isso significa que você está
sendo libertado.
Enquanto a coisa que você estava observando se transforma,
observe o restante do seu corpo. Existe tensão em algum outro
A CHAVE 1
lugar? É como descascar uma cebola; ao libertar-se de um determinado
problema, você cria a oportunidade para que uma nova
área que provavelmente estava relacionada com o bloqueio anterior
se revele. Se isso acontecer, vá para esse novo lugar que está
chamando você e repita o exercício.
Recomendo que você termine este exercício utilizando a
técnica ho'oponopono que Joe e o dr. Hew Len ensinam no
livro Zero Limits. Agradeça, peça desculpas por ter tido a experiência
traumática que originou o problema, ame a pessoa que
criou o bloqueio (você) e a pessoa que você se tornou agora que
se libertou dele.
Exemplos
Para que você realmente entenda este processo e se familiarize
com a técnica, vou dar alguns exemplos de como ela funciona.
Sinto dor na região lombar, à esquerda. Executei as técnicas
de respiração e constatei que meu centro estava se deslocando
para o lugar nas minhas costas onde sinto dor. A minha atenção
está concentrada no ponto da dor. Esse ponto parece sombrio e
assustador. Sinto que ele está exasperado e indiferente ao mesmo
tempo. Vejo uma mistura de vermelho e preto. Enquanto faço
essas observações, reparo que estou sentindo o cólon mais pesado
e que ele parece estar se movendo. Pergunto ao ponto nas
minhas costas o que precisa me mostrar. Ele responde com mais
indiferença; sinto que está voltando as costas para mim. Pergunto
novamente: estou aqui, estou prestando atenção, estou reconhecendo
sua existência; o que posso fazer por você? Ele se transforma
e revela que a raiva e a frustração são apenas uma fachada
para ocultar a tristeza. Pergunto de onde vem essa tristeza, por
que ela está presente, e de que maneira ela pode ser útil para
mim. Ele responde que eu sou muito mais do que venho mostrando
ao mundo exterior. Ele diz para mim que sempre que eu
refrear a tristeza em vez de senti-la haverá dor e tensão nas
minhas costas; essa é a minha maneira de saber se estou sendo
autêntica ou não.
Eis a experiência de uma cliente: Marcia sofreu uma lesão
no tornozelo cinco anos antes de me procurar e nunca ficou
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:39 pm

120 Joe Vi tal e
completamente boa. Ela começa o processo de cura voltando sua
atenção para o tornozelo, mas ele lhe diz para olhar primeiro
para o joelho. Ela vai até o joelho e sente uma energia defensiva,
um bloqueio, que parece uma caixa dura, fria e metálica.
Marcia pergunta ao bloqueio o que ele é e por que está presente.
A cor dele vai ficando mais clara, e o tornozelo começa a
doer. A caixa se transforma no quarto em que Marcia dormia
quando tinha cinco anos de idade, e o seu irmão a está perturbando
e ameaçando agredi-la.
Mareia vê a caixa agora como o sentimento duro, frio e
inflexível que nutria pelo irmão.Vê aquela menina de cinco anos
chutar o irmão com muita força, a ponto de machucar o dedão
do pé, o tornozelo e o joelho. (Mareia tinha esquecido completamente
desse incidente.) Ela também percebe que essa postura
defensiva e ao mesmo tempo agressiva ainda está presa no seu
corpo como memória celular, mantendo-a afastada das pessoas e
de novas oportunidades na vida. A caixa ainda está lá, e ela pergunta
se existe alguma maneira de se libertar. Imediatamente ela
percebe que dispõem de uma britadeira, e a usa para quebrar a
caixa. Mareia recebe então um poderoso aspirador de pó, e limpa
todos os fragmentos remanescentes da caixa. Por fim, ela se vê em
um espaço limpo e o preenche com luz.
Depois dessa experiência, Marcia se libertou dos seus bloqueios
e a sua perna ficou mais reta e mais forte. Ela parou de
sentir dor no tornozelo. Agora a sua vida se abriu; ela passou a
adotar uma postura menos defensiva nos seus relacionamentos,
começou a viver mais o momento e a deixar a energia fluir.
Você pode usar essa técnica semanalmente ou até diariamente
se sentir necessidade.
Técnica número 2: libertando-se
das histórias negativas
Todos temos histórias. Às vezes ficamos pensando e repensando
essas histórias: alguém — pode ser o nosso pai, a nossa mãe,
um amigo, o nosso chefe — "cometeu uma injustiça" conosco.
A CHAVE 121
Esses incidentes negativos continuam na nossa memória porque
com freqüência eles estão presos em vários bloqueios de energia
no nosso corpo. Quando pensamentos negativos estão presos no
corpo, eles agem como grandes pedras no rio da nossa vida e
diminuem a velocidade do fluxo de energia. Se o fluxo é bloqueado,
ficamos doentes e sentimos uma dor física ou emocional,
e também fadiga mental (perda de memória etc). Isso é um
sinal de que as nossas energias não estão fluindo.
Essa técnica ensina como libertar-nos das histórias negativas.
Para isso, você precisa pegar cada momento, examinar o que
está sentindo e de que maneira isso se manifesta no seu corpo. O
corpo é uma poderosa ferramenta de diagnóstico, que permite
que você reconheça os estados emocionais inconscientes que
provocam disfunções.
• Conte para si mesmo a sua história negativa ou fale sobre
o seu complexo de vítima, mas você só tem um ou dois
minutos para fazer isso!
• Usando as técnicas de observação do interior que aprendeu
há pouco, tente entender que sensação essa história
transmite para o seu corpo. Sinta a história. Em que lugar
do corpo você está sentindo essa emoção negativa?
• Agora diga para si mesmo: "Não quero mais sentir isso."
• Em seguida, pergunte a si mesmo: "O que eu quero sentir?"
Conecte-se com o plexo solar e a área do coração para
tentar descobrir a resposta.
• Desloque essa nova sensação positiva da sua mente (onde
quase todos achamos que ficam as sensações) para o corpo.
O que você está sentindo agora que as novas energias
positivas estão no seu corpo? Como é sentir paz, alegria,
confiança e abundância? Em que lugar do corpo você
sente essas maravilhosas energias? Concentre-se no seu
corpo e realmente sinta essas novas energias positivas.
• Avance para o próximo nível e descreva para si mesmo
como é a sua vida agora que esses sentimentos estão presentes.
Use as fortes emoções que você descobriu no seu
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:40 pm

122 Joe Vitale
corpo para escrever uma história; visualize sua vida e sinta
que você está realmente em harmonia com essas energias
positivas.
• Leve a nova história da sua vida para dentro do seu corpo.
Essa é a Lei da Atração em ação; quando você fala sem parar
sobre as suas antigas histórias e se sente uma vítima, você reforça
a energia negativa e atrai uma quantidade ainda maior dela. Use
este exercício para avançar em direção ao que você realmente
deseja. Seu corpo será uma manifestação desses sentimentos positivos,
criando um fluxo de positividade em todo o seu ser.
Décimo método de libertação
A mensagem vital
O corpo é a materialização da mente.
- LESTER LEVENSON
Aprendi há cerca de vinte anos um método de libertação que
uso até hoje. Eu o ensinei a algumas pessoas, e elas também continuam
utilizando esse método. Vou revelá-lo agora, para que
você possa usá-lo sempre que precisar se libertar.
O método em si é simples. Descobri com a experiência que
sempre sentimos quando precisamos ser libertados. Esse sentimento
não é agradável e pode se manifestar como raiva, frustração,
impaciência, infelicidade, depressão, tristeza, apatia ou qualquer
outra emoção carregada de energia negativa. É esse sentimento
que derruba você. No entanto, é esse mesmo sentimento
que pode animá-lo e até mesmo conduzi-lo a estados mais
elevados de consciência, despertando um grande poder capaz de
atrair o que você quiser.
Eis como o método funciona:
l. Você tem um sentimento específico do qual não gosta.
Trata-se sempre de uma variação da infelicidade. Às vezes
às pessoas dizem: "Não estou triste, estou apenas com
raiva!" Bem, a raiva, obviamente, é uma forma de infelicidade.
Seja qual for o seu sentimento, aceite-o.
2. Pense no sentimento e permita que ele se manifeste.
Muitas vezes tentamos nos livrar de uma emoção que nos
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Felicidade em Sex Jul 13, 2012 9:41 pm

124 Joe Vitale
desagrada. Tentamos afogá-la no álcool ou soterrá-la com
comida. Podemos fugir de várias maneiras. Algumas pessoas
praticam jogging. Outras fazem compras. Algumas
ficam emburradas. Outras jogam coisas no chão. Estou
sugerindo que você simplesmente não faça nada. Fique
quieto e deixe o sentimento se manifestar. Sei que isso é desagradável,
mas é a porta para a liberdade.
3. Descreva o sentimento. Quando você tiver uma dor de
cabeça, em vez de procurar um comprimido, fique com a
dor. Preste atenção nela e a descreva para si mesmo. Qual
o tamanho dela? Qual a largura? A cor? A profundidade?
Não existem respostas certas ou erradas para essas perguntas.
Elas são feitas para manter a sua mente concentrada na
dor ou no sentimento. Se você fizer isso, algo incrível
acontecerá: a dor ou o sentimento começará a desaparecer.
4. Finalmente, pergunte ao sentimento o que ele está tentando
lhe dizer. Já falei sobre isso em outras partes deste
livro. A sua emoção está presente por um motivo. Há uma
lição a ser aprendida. Aprenda a lição e você não precisará mais
dessa experiência. Para usar esse método de libertação eu
fico quieto, fecho os olhos, me concentro no sentimento
- mesmo que eu morra de medo dele - e deixo que ele
fale comigo. Isso talvez pareça só um jogo mental para
você, mas as respostas que receberá poderão ser a diferença
entre a dor e o prazer, o fracasso e o sucesso.
Esses quatro passos são facílimos. Basicamente, você está
apenas permitindo que o sentimento que você quer superar permaneça
dentro de você por um tempo suficiente para que seja
possível ouvir a mensagem que ele está transmitindo. Depois de
recebê-la, você estará livre. O método é realmente muito fácil.
A CHAVE 125
Vou dar um exemplo de como usei recentemente esse método
de libertação:
Sou membro vitalício da Sociedade dos Mágicos Americanos
(SAM, na sigla em inglês). Pediram para que eu fizesse um
truque de mágica para abrir a reunião mensal da divisão local da
SAM. Ora, fazer mágica para a família e os amigos é uma coisa.
Apresentar um número para mágicos profissionais é outra bem
diferente.
Fiquei muito receoso. Comecei a ter medo da reunião. Passei
três dias tentando decidir que truque eu iria apresentar, um
que fosse bom o suficiente para deixar perplexos esses mágicos
experientes. Nada do que ensaiei me agradou. Comprei mais
artigos de mágica, apesar de já ter gastado dezenas de milhares de
dólares em objetos que ficam guardados em um dos quartos
vagos da minha casa.
Depois de me sentir infeliz todo esse tempo, comecei a pensar
em maneiras de não comparecer à reunião. Eu não era obrigado
a ir, disse para mim mesmo. Não estava sendo pago para fazer
aquilo. Na verdade, ninguém estava esperando que eu fizesse o
número. Foi simplesmente um convite que eu poderia aceitar
ou recusar. Comecei a achar que eu deveria recusá-lo e simplesmente
não comparecer à reunião.
No entanto, sempre sigo uma regra prática que diz o seguinte:
se tenho medo, preciso ir em frente.
Tendo tomado essa decisão, eu agora precisava lidar com os
meus sentimentos. Eles estavam sombrios e pesados. Comecei a
me sentir doente. Uma dor surgiu no meu ouvido esquerdo.
Senti que estava ficando deprimido.
Isso não era bom.
Lembrei-me então desse método de libertação, que chamo
de Mensagem Vital, exatamente porque queremos ouvir a mensagem
vital que a emoção tenta nos transmitir. Eu sabia que
assim que escutasse essa mensagem, ficaria livre.
Arrow
avatar
Felicidade

Mensagens : 1236
PONTOS DE EXPERIÊNCIA NO FORUM : 271330
REPUTAÇÃO DO USUARIO NO FORUM : 1772
Data de inscrição : 15/01/2011
Localização : BRASIL

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livro : A CHAVE

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum